ANÚNCIO DE VAGA - NAMPULA

 INSO MOÇAMBIQUE – Anúncio de Vaga – Assessor Adjunto de Segurança – Norte

Histórico da organização:

Fundada em 2011, a Organização Internacional de Segurança (INSO) é uma organização não governamental internacional que apoia os trabalhadores humanitários através do estabelecimento de plataformas de coordenação de segurança. A INSO fornece às ONGs registradas uma gama de serviços gratuitos, incluindo rastreamento de incidentes em tempo real, relatórios analíticos, dados e mapeamento relacionados à segurança, suporte ao gerenciamento de crises, orientações e treinamento da equipe. A INSO fornece apoio diário a mais de 1000 ONGs que operam em 16 países. A INSO está registada na Holanda com sede em Haia, a cidade internacional da paz e da justiça.

INSO Moçambique:

O INSO está abrindo seu primeiro programa em Moçambique para melhorar e preservar a segurança do pessoal empregado por ONGs que oferecem assistência humanitária e de emergência às pessoas que vivem nas regiões norte do país. Ao juntar-se à INSO Moçambique, estará a apoiar os programas humanitários que trabalham para ajudar as pessoas que foram deslocadas e perderam os seus meios de subsistência, através da prestação de aconselhamento e análise de segurança de alta qualidade que garantem a segurança de todos os parceiros num ambiente em mudança drástica.

Resumo do Trabalho:

O Conselheiro Adjunto de Segurança (ASA) apoiará o Conselheiro de Segurança (SA), auxiliando na recolha e verificação de informações de segurança dos distritos da região de Nampula, em Moçambique, bem como auxiliando a SA na preparação de relatórios de segurança relevantes e listas de incidentes.

Principais Responsabilidades:

• Recolher e verificar informações de segurança dos distritos da província de Nampula.

• Juntamente com a DSA, monitorar e orientar os Monitores de Campo da INSO e garantir a ligação diária.

• Auxiliar a SA na elaboração de relatórios relevantes, avaliações de área e outros produtos INSO.

• Auxiliar o SA na visualização e análise de dados utilizando ferramentas de gráficos e mapeamento.

• Monitorar a mídia para colectar informações relevantes para uso das ONGs.

• Contribuir para a elaboração de relatórios de segurança e avisos de ameaças em colaboração com a SA e a DSA.

• Realizar visitas de campo regulares para desenvolver conhecimentos locais do contexto.

• Desenvolver uma rede de origem fora da comunidade de FMs e ONGs.

• Produzir listas de incidentes diárias e semanais abrangentes para serem enviadas ao SA e ao DSA.

• Monitore o banco de dados para garantir que nenhum erro tenha ocorrido.

• Suporte na rápida colecta de informações para Alertas e Relatórios.

• Fornecer insumos para revisão de segurança do local a pedido de ONGs e em colaboração com a SA e DSA.

• Responder proactivamente a qualquer solicitação de informação relevante das ONGs em termos de segurança.

• Suporte durante uma crise, a pedido, em estreita colaboração com a SA e a DSA em termos de gestão da informação.

Qualificações obrigatórias:

• Licenciatura em jornalismo, comunicação, ciências políticas, gestão da informação, ou qualquer outro diploma equivalente, alternativamente formação em segurança.

• Pelo menos 2 anos de experiência com trabalho de segurança de ONGs ou como analista de entrada de dados.

• Excelentes habilidades em português, bem como um nível de conversação de pelo menos uma das línguas locais relevantes para a província de Nampula.

• Uma boa compreensão das abordagens das ONGs em relação à segurança.

• Capacidade comprovada de desenvolver e manter relações de trabalho.

• Excelentes conhecimentos de informática e conhecimento de programas Windows e Office.

• Nacionalidade moçambicana.

Competências Chaves:

• Excelentes habilidades interpessoais e de comunicação, em ambientes multiculturais.

• Alto nível de confidencialidade e integridade.

• Experiência de trabalho sob alta pressão, em ambientes de ritmo acelerado.

• Forte capacidade organizacional de lidar com múltiplas prioridades de forma autónoma.

• Forte habilidade em gestão de dados.

Política de Salvaguarda da INSO:

A INSO está totalmente comprometida com o recrutamento, selecção e verificação seguros de todos os potenciais novos funcionários, curadores e voluntários, e garantiremos o cumprimento rigoroso de nossos Código de Conduta e Política de Salvaguarda durante todo o processo de recrutamento.

Termos e Condições:

Contracto renovável de 12 meses sujeita a financiamento e performance. Salário baseado na escala de classificação INSO.

Como se inscrever:

Por favor, envie as candidaturas preenchidas para jobs@moz.ngosafety.org até dia 14 de Junho de 2023 e consulte o Conselheiro Assistente de Segurança na linha de assunto.

As inscrições devem ser em inglês e incluir:

• Um CV actualizado (máximo de 3 páginas).

• Uma carta de apresentação de uma página detalhando por que você está interessado em trabalhar para a INSO e como suas qualificações se alinham com as competências exigidas para a função.

Nota: VA está sujeito a autorização em Nampula para INSO para data de início. Por favor, não envie nenhuma informação adicional. Somente os candidatos pré-seleccionados serão contactados.



Comentários

Postagens mais visitadas